Avançar para o conteúdo principal

Editorial – Atrasos dos CTT continuam a afetar a distribuição do Trevim aos assinantes

A montante da entrega do jornal Trevim na sua caixa de correio pelos CTT, desenvolvemos uma série de procedimentos para que nada falhe na nossa responsabilidade com os assinantes, leitores em geral e anunciantes.

1 – Fecho da edição – de quinze em quinze dias à terça-feira.

2 – Envio dos PDF (suportes digitais), imediatamente após o fecho, para a FIG, em Coimbra, empresa que imprime o jornal na sua rotativa, normalmente durante a madrugada.

3 – Quarta-feira – A FIG procede à entrega do jornal nos serviços dos CTT, em Taveiro, não havendo registo de falha nas operações que lhe estão confiadas.

4 – Os CTT tratam da expedição para os centros de distribuição postal, Lousã incluída.

5 – Serviços dos CTT são os responsáveis pela entrega nas caixas de correio dos nossos assinantes.

Garantimos a execução dos procedimentos referidos nos pontos 1,2 e 3 a tempo e horas, mesmo que tal signifique um esforço horário acrescido dos colaboradores do jornal.

As tarefas indicadas nos pontos 4 e 5, estão cometidas à empresa CTT, cobrando por isso um valor mensal que importa em várias centenas de euros, na expetativa de que o jornal seja entregue atempadamente ao assinante.

Lamentavelmente, com mais ou menos intensidade de edição em edição, somam-se as reclamações de assinantes por receberem o jornal vários dias depois da publicação (quinta-feira) e da sua entrega quinzenal nos serviços de expedição postal, incluindo o da Lousã.                   

De acordo com o contrato de correio editorial nacional, a distribuição dos jornais quinzenais (como o Trevim) têm que ser efetuadas até três dias úteis, ou seja quinta, sexta e segunda-feira, o mais tardar.

Demasiadas vezes isso não acontece e o Trevim vê o seu nome e reputação postos em causa devido a atrasos dos CTT na entrega dos jornais aos nossos assinantes.

Sucedem-se as nossas reclamações junto da empresa e disponibilizam-nos um formulário eletrónico para que prestemos um serviço de alerta, que não pagam. Parece a gestão dos CTT ignora a monitorização da qualidade dos serviços aos seus clientes.

Pela nossa parte, contando sempre com a colaboração e compreensão dos nossos assinantes, vamos continuar a reclamar junto dos serviços dos CTT e dar conta desta grande insatisfação junto da Associação Portuguesa da Imprensa, ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações e DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor e Ministério das Infraestruturas e Habitação (tutela)

Tags: 1485 | CTT | Editorial | Opinião | Trevim
Autor: Jornal Trevim

0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Meteorologia

Beirão

Artigos relacionados

Trevim: Leia também Trevim celebra 55 anos com olhos no futuro Destaque
20 Out 2022 09:46 AM

O Trevim assinalou 55 anos de publicação no dia 8, retomando um encontro de colaboradores, amigos e dirigentes da Cooperativa interrompido nos últimos anos devido, sobretudo, à pandemia da covid-19. Numa tarde de sol, o convívio anual do jornal da...

Ler artigo
Trevim: Leia também Atrasos nos correios são notícia no Público Atualidade
25 Ago 2022 11:52 AM

Uma reportagem publicada na edição de 15 de agosto do jornal Público dá conta de atrasos, por parte dos Correios, na entrega de jornais aos assinantes de três publicações regionais. Leia a notícia completa na edição n.º 1490 do Trevim

Ler artigo
Trevim: Leia também Quem espera pelo carteiro, desespera Concelho
14 Jul 2022 06:00 AM

No concelho da Lousã multiplicam-se as queixas com o serviço postal prestado pelos CTT, com graves atrasos na distribuição do Trevim e da restante correspondência. Segundo reportam os nossos leitores e assinantes, este cenário de “quem espera, desespera” tem vindo...

Ler artigo
Trevim: Leia também Carlos Antero terá nome de rua Sociedade
16 Jun 2022 08:00 AM

O primeiro diretor da Secção da Lousã da Escola Industrial e Comercial de Brotero, Carlos Antero, vai ser homenageado a título póstumo, no dia 24, com a inclusão do seu nome na toponímia local. Leia a notícia completa na edição...

Ler artigo
Trevim: Leia também Marchas de São João voltam à Avenida Dr. José Maria Cardoso Sociedade
16 Jun 2022 08:00 AM

O tão ansiado regresso pelas marchas populares está marcado para a noite do dia 23 de junho, pelas 21:15, com a Activar a abrir a festa na Avenida Dr. José Maria Cardoso, seguida pelos Cinco Lugares e Pegadas d’Emoção, de...

Ler artigo
Trevim: Leia também Rugby Club da Lousã vence taça Bowl do Algarve Sevens Desporto
16 Jun 2022 08:00 AM

A  3ª edição do Algarve Sevens que se disputou em Vila Real de Santo António com a presença de 40  equipas e mais de 500 atletas vindos de todo o mundo foi  um marco importante para o desenvolvimento da variante...

Ler artigo
Definições de Cookies

A TREVIM pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site.
Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site.
Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site.

Cookies estritamente necessários Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site. Sem estes cookies, não podemos fornecer certos serviços no nosso site.

Cookies de funcionalidade Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site. Por exemplo, podemos usar cookies de funcionalidade para se lembrar das suas preferências de idioma e/ ou os seus detalhes de login.

Cookies de medição e desempenho Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site. Por exemplo, estes cookies podem medir fatores como o tempo despendido no site ou as páginas visitadas, isto vai permitir entender como podemos melhorar o nosso site para os utilizadores. As informações coletadas por meio destes cookies de medição e desempenho não identificam nenhum visitante individual.